Yokohama

Terra da cerveja artesanal e de museus peculiares

A menos de trinta minutos da capital japonesa, Yokohama ergue-se como uma bela e única experiência à beira-mar, com o maior porto do país, e portanto a presença de uma grande concentração comercial na área. Sediou as finais da Copa do Mundo de 2002 e do Mundial de Clubes FIFA de 2012 no seu Estádio Nissan, e apesar de ser o lar de quase 4 milhões de pessoas, diferentemente de Tóquio é uma cidade mais compacta, permitindo conhecer várias de suas atrações a pé. Uma das partes mais importantes da cidade é o bairro Minato Mirai 21, que significa Porto do Futuro 21, com centros de entretenimento, lojas e atrações culturais, como o Nippon Maru, navio construído em 1930 que andou uma distância equivalente a 45 voltas ao mundo, e hoje encontra-se aberto para visitação; além do Kanagawa Shimbun, evento de queima de fogos de artifício que acontece todo ano no mês de agosto. Na região também está a Landmark Tower, um prédio construído em 1993, com 296 metros de altura divididos em setenta andares, sendo considerado atualmente o edifício mais alto do Japão.
Andando por trinta minutos, você estará no Parque Yamashita, com uma paisagem bastante agradável de frente pro mar e atrações como o Hikawa Maru, outro navio histórico aberto ao público e construído em 1920; e a Yokohama Marine Tower, um dos faróis mais altos do mundo, com 106 metros de altura. Depois de mais alguns minutos de caminhada, está uma das maiores Chinatowns do mundo, detentora de mais de 150 anos de história, uma área de quinhentos metros quadrados e cerca de 1100 estabelecimentos, entre restaurantes e comércios. Parece brincadeira, mas não é: Yokohama abriga dois museus que abordam praticamente o mesmo tema - o macarrão. O Ramen Museum reproduz uma rua na área de Shitamachi em Tóquio no final da década de 50, permitindo conhecer a história e cultura do ramen, bem como degustar pratos típicos. Já no Cup Noodles Museum você pode projetar o seu próprio copo de macarrão e ainda levar as crianças em um parque temático e pra lá de divertido.
Outro museu bastante curioso da cidade é o Yokohama Doll Museum, detentor de um acervo de 3500 bonecas de diversas regiões do Japão, além de bonecas folclóricas de mais de 141 países. Yokohama também é famosa por suas fábricas e bares de cerveja artesanal, popularmente conhecida como Kirin; uma das produtoras da bebida realiza um tour de aproximadamente uma hora por sua fábrica, com degustação de petiscos e cervejas ao final. E o melhor: totalmente grátis, mas precisa ser reservado com antecedência.O Hakkeijima Sea Paradise não é somente um dos maiores aquários do Japão com mais de 500 tipos de peixes, 100 mil espécies marinhas e a única exibição de tubarões-baleia do Leste do país, como também um parque de diversões com centro comercial, hotel, marina e outras atrações. Para chegar ao segundo andar do aquário, é preciso pegar uma escada rolante, que na verdade é um túnel de visão submarina... Imagina que experiência incrível!