Santa Clara

Se você gosta de história, ou é fã do Che Guevara, não pode deixar de visitar Santa Clara. É a cidade mais revolucionária e uma das mais influentes a nível nacional. Conta a história que, em 1958, Che e mais cerca de 300 revolucionários, entre eles moradores locais de Santa Clara, tomaram a cidade. Em seguida derrotaram o exército enviado por Fulgencio Batista (até então ditador de Cuba), que passava por lá em um trem blindado levando armas e munições de todo o tipo para a região leste do país. Com esta vitória dos revolucionários, Fulgencio fugiu para a República Dominicana, encerrando então o período de sua ditadura. Você pode estar se perguntando como Che e seus companheiros conseguiram fazer isso, se o trem era blindado. Eles utilizaram uma escavadeira e descarrilaram o trem! Esta grande conquista fez com que Santa Clara ficasse conhecida como a “Cidade da Heróica Guerrilha” e seus moradores orgulhosos garantiram que muito desta história fosse preservada até os dias de hoje na cidade. A escavadeira utilizada, assim como alguns vagões originais do trem blindado, estão expostos para visitação no Monumento à Tomada do Trem Blindado, acompanhados de algumas esculturas, mapas, planos militares, trilhos e armas.
 
Por seu papel tão importante na revolução cubana, Santa Clara também foi escolhida para abrigar o mausoléu de Che. Morto em 1967 pelo exército boliviano em La Higuera, Che foi enterrado inicialmente em vala comum, e somente depois de 30 anos seu corpo foi encontrado e levado para Santa Clara,onde foi travada a última batalha contra a ditadura de Fulgencio Batista. Em 1997 foi então construído o Memorial e Museu de Che Guevara ou Conjunto Escultórico Comandante Ernesto Che Guevara, onde estão, não apenas os restos mortais de Che Guevara e alguns outros guerrilheiros (entre eles, as cinzas de seu amigo Alberto Granado, que fez com ele a famosa viagem pela América do Sul, retratada em “Diários de Motocicleta”), comouma impressionante estátua de bronze de Che com o braço engessado (quebrado em uma batalha anterior), também construída em 1997. Sob a estátua está um museu com diversos objetos pessoais de Che e outros líderes da revolução, como fotos, armas, documentos, discursos, livros, talheres, copos, pratos, uniformes, cachimbos, cuias para mate, uma de suas clássicas boinas, entre outros objetos pessoais. A idéia do museu é refletir a vida de Che em uma linha cronológica, mostrando como ele passou de uma pessoa comum a um revolucionário tão conhecido e prestigiado. O monumento fica bem na entrada da cidade e é o seu principal cartão postal, impressionando por sua grandiosidade. Logo em frente a ele está a sede do Partido Comunista Cubano (PCC), onde há mais uma estátua de Che, carregando uma criança nos braços.
 
Além do retrato da guerra e de toda a vida de Che, Santa Clara tem ainda alguns outros pontos turísticos como a Catedral de Santa Clara de Assis, o Teatro de La Caridad e o Parque Leoncio Vidal, localizado na praça central da cidade. A cidade é palco também do único show Drag do país e tem o melhor festival de rock de Cuba, o Ciudad Metal. Rodeada de montanhas, Villa Clara (a região onde está situada Santa Clara) dispõe ainda de uma exclusiva variedade de fauna e flora, que vai desde colônias de flamingos cor de rosa a charmosas barreiras de corais. Com temperatura média variando entre os 22°C e os 24°C (com exceção de algumas regiões montanhosas que são mais frias), Villa Clara reúne, em sua costa de 10 quilômetros, diversas opções de passeios para os visitantes. Entre elas passeios de bote, travessias de catamarã, snorkel e pesca.

Cuba: Mar, Natureza e História

Cuba: Mar, Natureza e História

A partir de R$ 2.910,00

Cores e Aromas de Cuba

Cores e Aromas de Cuba

A partir de R$ 3.864,00

A partir de R$ 5.430,00

Cuba: Ilha do Encanto Especial

Cuba: Ilha do Encanto Especial

A partir de R$ 5.912,00