Kusadasi

Uma das cidades mais atraentes do Mar Egeu

Kusadasi é uma cidade portuária, e uma das principais estâncias de férias da Turquia. Banhada pelo sol durante 300 dias por ano, Kuşadası é ponto de parada de boa parte dos cruzeiros marítimos que fazem rota entre as ilhas gregas, e chega a quintuplicar sua população de junho a outubro, época do verão europeu. Ideal para quem quer aproveitar a vida noturna e as atividades aquáticas como jet-ski, surf e stand-up, Kuşadası tem diversas opções de praias como Ladies Beach, Palm Beach, Long Beach, Kustur Beach, Love Beach e National Park Beach. A mais badalada é a Ladies Beach, antigamente freqüentada apenas por mulheres, hoje a praia é aberta a todos e fica a alguns minutos de distância da região central. Apesar de ser uma praia urbana, a mistura de uma curta faixa de areia branca e fofa com um mar de azul morno e hipnotizante é perfeita e arranca sorrisos de todos assim que chegam. Palm Beach fica entre o porto e a marina, no centro de Kuşadası e oferece uma incrível vista da Pingeon Island – também conhecida como Guvercinada, uma pequena península com um belo castelo que também é um dos principais pontos turísticos de Kuşadası - e dos navios chegando ao porto. National Park Beach oferece contato intenso com a natureza em sua praia, que é o balneário com as águas mais translúcidas da região.
A cidade conta também com muitas opções de restaurantes com cardápios especializados em frutos do mar e culinária turca, lojas de grifes globais que seguem as mais modernas tendências da moda. Kuşadası é conhecida como uma das cidades mais atraentes do Mar Egeu também por sua proximidade de outros importantes pontos turísticos como Pamukkale, Selçuk e Éfeso, Kuşadası. Pamukkale é uma enorme montanha branca com piscinas naturais termais que enchem os olhos e renovam as energias. Nas montanhas de Selçuk se encontra a Casa da Virgem Maria – na verdade uma réplica da que foi encontrada em ruínas. Conta a história que após a morte de Jesus, Maria e outros apóstolos foram perseguidos. Após anos se escondendo, São João teria levado-a para esta casa, longe da cidade, onde ela teria eventualmente passado seus últimos dias. Após a visita do Papa João Paulo VI em 1967, o local se tornou ponto de passagem obrigatória de diversas peregrinações católicas, tendo inclusive recebido a visita dos papas João Paulo II e Bento XVI, que deixaram suas lembranças nas paredes da casa. Perto dali, fica também o Aquapark, complexo com piscinas, spa e muita diversão, seja para relaxar com a família ou em descidas radicais nos tobogãs.
Éfeso era uma antiga cidade que fazia parte dos doze membros da Liga Jônica e suas gigantescas ruínas ainda dão uma clara percepção de como era a cidade em seu auge. Foi uma das maiores cidades do Império Romano, abrigando mais de 500 mil pessoas, uma metrópole colossal para os padrões da época. Um dos pontos principais da cidade era o Templo de Ártemis, que permaneceu em pé por quase mil anos e suas ruínas são hoje uma das “Sete Maravilhas do Mundo”. Com a qualidade de suas construções admirada até hoje por engenheiros e arquitetos, a arquitetura greco-romana foi ainda base para construções como o imenso Anfiteatro da cidade, com capacidade para 25 mil espectadores, a Biblioteca de Celso, que com sua fachada de colunas e estátuas resistindo ao tempo, impressionam e convidam o visitante a viajar no tempo e, até mesmo o calçamento da Avenida Curetes, todo em mármore, mantém seu esplendor e preserva sua imponência mesmo depois de dois mil anos. Além dos grandes feitos, as ruínas mostram ainda detalhes do cotidiano da época que podem ser observados em suas casas, banheiros e sistemas de calefação que nos deixam a imaginar como era o dia a dia desta civilização.