Capadócia

Muito além dos belíssimos passeios de balão

Viajar à Capadócia é praticamente uma viagem interplanetária. Com seu relevo deslumbrante, fruto da forte atividade vulcânica e da lenta ação da erosão, a superfície da região é constantemente comparada à da Lua. Confundida constantemente com uma cidade, a Capadócia é uma região formada por diversas cidades e vilarejos milenares, localizada no planalto central da Turquia. Conhecida por suas belezas naturais, passeios de balão e cidades subterrâneas, a região é uma jóia natural, rústica e pouquíssimo lapidada que desafia o viajante a conhecê-la melhor. O turismo tornou esta uma das áreas mais prósperas do país, o que se reflete não apenas no desenvolvimento e infraestrutura da cidade, como também na hospedagem, nas opções gastronômicas e principalmente no atendimento sempre caloroso ao turista. Habitada há milhares de anos, a Capadócia guarda em suas rochas histórias incríveis e multiculturais que aguardam os visitantes para serem recontadas todos os anos.
A paisagem é maravilhosamente esculpida em cones rochosos, picos escarpados, ravinas profundas e um festival de cores que varia entre vermelho e dourado, verde e cinza. O Vale das Chaminés de Fada e suas formações cônicas seduzem o viajante e criam efeitos impressionantes a cada olhar. As rochas têm uma composição relativamente macia e por isso se desgastam tão facilmente em formatos tão inusitados. Todas as civilizações que ocuparam a região perceberam e se aproveitaram dessa característica remodelando montanhas e cavernas e dando vida a uma arquitetura singular. Em Ürgüp, é possível conhecer o estilo local de construção de casas nas encostas e a indústria local de tapetes enquanto desfruta de uma xícara de chá ou café. A engenhosidade dos povos da região não se resume somente à superfície - eles também construíram habitações e cerca de 36 cidades subterrâneas, como forma de refúgio e proteção. Uma das mais tradicionais e conhecidas, além de ser a mais iluminada é Derinkuyu, com aproximadamente 85 metros de profundidade, (o equivalente a um prédio de oito andares), conta com uma infraestrutura completa para atender milhares de pessoas. Sistemas de ventilação, armazéns, cisternas e até estábulos para os animais compõem uma rede complexa e intrincada que resiste há centena de anos, e é aberta à visitação de turistas.
Nevşehir é considerada a porta de entrada da Capadócia. Em seu ponto mais alto, é possível visitar o Castelo de Seljuk, com suas imponentes muralhas que brilham sob a luz do sol e apontam o caminho de uma grande aventura. Na vila de Göreme, há também o Open Air Museum, considerado Patrimônio Mundial da Unesco, com diversas igrejas e capelas cristãs esculpidas em rocha que remontam aos primeiros anos da religião. No centro de Göreme estão diversas lojas de tapetes e pashiminas que fazem até lembrar cenários do Aladim. Outros lugares incríveis para se visitar são o Vale da Imaginação, com rochas em formatos que lembram baleias, camelos, golfinhos, pássaros, entre outros; e o Vale Ihlara que parece uma miragem verde e exuberante em meio à paisagem desértica dos vales de crateras. Mas a “cereja do bolo” de uma viagem à Capadócia na verdade está no infinito céu azul. O passeio de balão é o grande cartão postal e ponto central da viagem. A aventura, por si só já é emocionante, e quando acrescentamos o colorido mar de balões na linha do horizonte, bem como as formações geológicas por quilômetros em cada direção, atinge-se uma das experiências mais marcantes da vida. Cada olhar revela uma nova surpresa, outra nuance.