Finlândia
No início do século 20, a Finlândia era um dos países mais pobres e insignificantes da Europa, nas mãos dos políticos de Moscou, e hoje é o retrato do bem estar social da Escandinávia, com altos índices de educação, próspera e moderna, onde o mundo digital se fixou de vez, com grandes marcas de produtos eletrônicos produzindo no país.
Além disso, é um destino multifacetado: na capital, Helsinque, está o agito da vida noturna e cultural, também presente em Turku, cidade marítima que é quase um enclave sueco; as bucólicas Porvoo e Tampere são só paz e calmaria, e a Lapônia é recheada de fantasia, com sua vila de Santa Claus, ou seja, a terra do querido Papai Noel. Terra da vodka e da sauna, a Finlândia é acima de tudo um país repleto de belezas naturais, como suas extensas florestas de pinheiros, bétulas e abetos fazem do país um grande exportador de madeira, papel e celulose.
Vários são os fenômenos astronômicos na Finlândia: a aurora boreal, fenômeno causado pela atividade solar nos céus noturnos das regiões polares e que manifesta-se na forma de luzes coloridas, pode ser vista quase que perfeitamente (90% de chances de observação) na ponte Paatsjoki, em Nellim, e nas cidades de Muonio e Kilpisjarvi, com uma probabilidade um pouco menor. Além disso, no norte do país, durante os meses de junho e julho o sol nunca se põe, resultando no fenômeno conhecido como “sol da meia-noite”.

A partir de R$ 0,00

A partir de R$ 0,00

A partir de R$ 0,00

A partir de R$ 0,00