Espanha

A Espanha foi uma das maiores potências coloniais entre os séculos XV e XIX, o que permitiu a difusão do espanhol por todo o mundo, tornando-a não apenas um destino turístico, como um importante centro de ensino e cultura, que todo ano recebe cerca de 250 mil estudantes (a maior parte vinda da própria Europa) para aprender mais sobre o seu idioma oficial, apesar de ter outras línguas consideradas co-oficiais, como o catalão, o galego, o basco, o aranês e o valenciano.
Alguns dizem que a fama de “sangue quente” dos espanhóis vem do passado, quando eram considerados povos bárbaros por invadirem terras e escravizarem prisioneiros, o que digamos não era nem um pouco diferente do que qualquer outro país colonizador. Esse atributo na verdade está ligado a um país “caliente”, com um povo encantador de norte a sul, hospitaleiro, simpático, festeiro, além de apreciador de boa comida e bebida.
Seus 40 milhões de habitantes estão divididos em 17 comunidades com autonomia própria, administrando de forma local seus padrões de segurança, educação e saúde, o que por consequência trouxe políticas separatistas recheadas de discussões e conflitos internos até os dias de hoje.
 
E não se assuste se você estiver andando pela rua próximo às duas da tarde e, de repente, tudo fechar. Trata-se da famosa siesta, fenômeno típico da cultura espanhola, no qual os 80% dos trabalhadores e comerciantes fazem uma (longa) pausa para o almoço, de aproximadamente duas horas. A exceção fica por conta das lojas maiores e/ou localizadas em áreas extremamente movimentadas e turísticas, que preferem manter-se abertas. Mais uma lição a aprender com os espanhóis: descanso é fundamental! (:

A partir de R$ 0,00

A partir de R$ 0,00

A partir de R$ 0,00

A partir de R$ 0,00

A partir de R$ 0,00

Comunidad Autonoma de Madrid

Comunidad Autonoma de Madrid

A partir de R$ 0,00

Comunidad Valenciana

Comunidad Valenciana

A partir de R$ 0,00

A partir de R$ 0,00

A partir de R$ 0,00

A partir de R$ 0,00

A partir de R$ 0,00