• butao3

Butão

Sobre | Pacotes | DestinosSolicite um orçamento

Encravado aos pés do Himalaia está o pequeno reino do Butão, que tem como fronteira dois países bastante populosos: ao norte a China, e ao sul a Índia. Viajar para esse destino é de fato para sair do mundo globalizado e entrar no espiritual, visto que “simbolismos ocidentais” como restaurantes de fast food, lojas de marcas, outdoors, entre outros simplesmente não existem ali. Sob o regime de monarquia constitucional, é comandado pelo rei Jigme Khesar Namgyel Wangchuck - o “Rei Dragão” - desde 2006, que inclusive é dono de uma das companhias aéreas que realizam a viagem para o local e mantém um Ministério da Felicidade (!), que tem como indicador principal a Felicidade Interna Bruta, avaliada com o uso de uma série de critérios.

O Butão abriu oficialmente suas portas aos visitantes apenas em 1974, depois de muitos anos em total isolamento, criando um cenário totalmente único, que se reflete nos trajes, na arquitetura, bem como em tradições e costumes, o que aos estrangeiros pode causar um certo estranhamento, como os desenhos fálicos que enfeitam as fachadas das casas em homenagem a Drukpa Kuenley, deus da fertilidade, além de simbolizar prosperidade e afastar espíritos maus. Apesar do Butão de ser um país pequeno e relativamente pobre, as cidades são organizadas, limpas e todos têm acesso à saúde, independente de onde morem. Os locais com maior apelo turístico são: Paro, Thimphu, Gangtey, Punakha e Bumthang; além da pequena vila de Rukha, que há apenas dois anos permite a entrada de visitantes, e ainda tem as características de um país praticamente intocado.

Tags: ásia, viagem butão, pacote butão, bhutan, punakha, thimpu, paro, butão

Butão - Pacotes

  • Festivais
  • Circuitos

  • Índia, Nepal & Butão - Especial Festival Butão: Thimphu Drubchen & Wangdi Tsechu
    Informações adicionais
    • R$ 15.709,75
    • US$ 4.775,00
    • Noites 14
    • Saída Delhi
    • Cidades Delhi, Jaipur, Agra, Katmandu, Paro, Thimpu e Punakha
    • O que Inclui
      • 14 noites de hospedagem com café da manhã, sendo:
        02 noites em Delhi;
        02 noites em Jaipur;
        01 noite em Agra;
        01 noite em Delhi;
        02 noites em Katmandu;
        02 noites em Paro;
        02 noites em Thimphu;
        01 noite em Punakha;
        01 noite em Paro;
      • Passe aéreo Delhi / Katmandu / Paro / Delhi em clase econômica;
      • Traslados aeroporto / hotel / aeroporto com assistência em espanhol;
      • Traslados hotel / estação de trem com assistência em espanhol;
      • Carros, ou minivan ou ônibus com ar condicionado durante os trajetos (dependendo do número de passageiros – no Butão, ar condicionado não está incluído);
      • Visitas guiadas e excursões segundo itinerário em carro, ou minivan ou ônibus privado (dependendo do número de passageiros);
      • Acompanhamento de guia em espanhol desde o primeiro ao último dia do roteiro;
      • Entradas aos monumentos;
      • Tradicional boas vindas na chegada ao aeroporto na Índia;
      • Pacote de boas vindas com uma carta, itinerário detalhado, mapa da Índia, caderno com caneta, cartões postais e um presente surpresa na Índia;
      • 02 garrafas de água mineral e 02 garrafas de bebida suave por pessoa por dia no veículo durante os passeios;
      • Acesso a WiFi no veículo durante todo o trajeto (dependendo do local a conexão poderá ser lenta ou inexistente);
      • Protetor de sapatos para visitar monumentos, mesquitas e o Taj Mahal;
      • Uma foto grátis no Taj Mahal na Índia.
    • Detalhes Adicionais

      Festival Thimpu Drubchen e Wangdi Tsechu é um dos maiores festivais do Butão. Thimphu Drubchen é celebrado na capital Durant um dia. Introduzido por Kuenga Gyeltshen em 1710, que foi reconhecido como a reencarnação de Jampel Dorji, filho de Zhabdrung Nawang Namgyel. Festivais com tal importância são realizados em Dzong (fortalezas) ou Monastérios, local em honra de Guru Rimpoche, que nasceu por uma flor de Lótus e trouxeo Budismo Trântrico no Butão. A lenda de Drubchen, diz que a divindade Pelden Lhamo apareceu diante de Kuenga Gyeltshen e executou danças populares enquanto ele estava em meditação. Com bases nessas danças, Kuenga Gyeltshen começou o Dromchoe. Durante o festival, máscaras e danças folclóricas e roupas tradicionais coloridas são feitas pelos monges e gente da comunidade local, incluindo os Atsaras (palhaços), que mantêm o público entretido com suas travessuras.

    • Roteiro dia-a-dia

      1° Dia – 15/set – Sexta-feira - Delhi
      Chegada será no Aeroporto Internacional de Nova Delhi. Traslado para o hotel. Delhi é uma cidade das cidades mais antigas do mundo, possui um excelente ambiente de uma cidade antiga em Vieja Delhi e moderna em Nueva Delhi. A perfeita combinação de mundos antigo e novo a converteram em uma opção fascinante para se explorar. Hospedagem em Delhi.

      2° Dia – 16/set – Sábado - Delhi
      Café da manhã no hotel. Pela manhã, saída para a parte moderna de Delhi: Nueva Delhi. Visitaremos o Qutub Minar, uma torre gigantesca de 72 metros, construída pelo primeiro governante muçulmano da Índia Qutub-ud-din Aibak. Seguimos passeio com uma visita a Tumba de Humayun, o Mausoléu do segundo imperador Mogol Humayun. A tumba, localizada perfeitamente em um jardim persa, conta com uma combinação de arenito e mármore branco.O aspecto exterior do edifício é uma história contrário do Taj Mhal, pois o mesmo foi construído para comemorar a vida de Humayan em sua memória. Visita pela área diplomática, os edifícios governamentais, Rashtrapati (residência do presidente da índia), o Parlamento e a Porta da Índia, que sempre tem convidados. Pela tarde, passearemos pela parte antiga, Vieja Delhi, onde o ambiente muda totalmente com ruas repletas de gente. Passaremos pelo Forte Vermelho, construído pelo Imperador Mogol Shah Jahan. Em Chandni Chowk, um dos bazares mais antigos e grandes da Índia, desfrutaremos de um passeio em rickshaw, que são bicicletas carrinhos pedaladas por homens. Visita a Mesquita Jama, a maior da Índia que também servia como mirante para os imperadores, que vinham rezar. O dia termina com uma visita a Rajghat, o local onde Mahatma Gandhi, “Pai da Nação”. Foi cremado em 31 janeiro de 1948. Hospedagem em Delhi.

      3° Dia – 17/set – Domingo - Delhi / Jaipur
      Café da manhã no hotel. Pela manhã, traslado com destino a Jaipur, aproximadamente 06h00 de viagem. Jaipur é a capital do Rajastão, também conhecida como "A Cidade Rosa", pois a antiga cidade havia se construído em terracota rosa em 1876 para acolher o príncipe Albert. Chegada e hospedagem em Jaipur.

      4° Dia – 18/set – Segunda-feira - Jaipur
      Café da manhã no hotel. Pela manhã visita ao Forte Amber, desfrutando de um passeio de elefante. O Forte Amber, localizado em uma colina, é uma fascinante mescla de arquitetura Hindú e Mogol. Visitaremos também o palácio Jal Mhal, restaurado recentemente. Pela tarde visita ao Palácio da Cidade e ao museu. Visitaremos Hawa Mahal e o Palácio dos Ventos, com uma fachada de 05 andares, com 593 janelas de treliça de pedra, um emblema da cidade de Jaipur. Também visitaremos Jantar Mantar ou Observatório Astronômico. Este é o maior e mais bem preservado dos cinco observatórios construídos por Jai Singh II em diferentes partes do país. Exploraremos os bazares 'exóticos de Jaipur para descobrir a riqueza artística da região. Seguiremos para conhecer o Templo Birla e ver o ritual noturno de culto Aarti. Hospedagem em Jaipur.

      5° Dia – 19/set – Terça-feira - Jaipur / Agra
      Café da manhã no hotel. Pela manhã, saída pela estrada com destino a Agra, em um trajeto de 06h00 de viagem. No caminho, parada para visitar Fatehpur Sikri. Fatehpur Sikri foi à primeira cidade planejada dos Mongóis e foi construída pelo imperador Mogol Akbar em 1564 AD. A cidade serviu como a capital há 16 anos. Mais tarde, devido à escassez de água, Akbar teve que deixar esta cidade. Continuamos pela estrada para Agra, uma cidade antiga mencionada no grande épico 'Mahabharata' e foi o centro das atenções durante o reinado dos Mongóis. É famosa por ser o lar de uma das Sete Maravilhas do Mundo, o Taj Mahal. O Taj Mahal é um monumento de tal elegância incrível que é considerado sinônimo de beleza em si. Chegada e traslado para o hotel. À tarde, visita ao Forte Agra, uma imponente fortaleza nas margens do rio Yamuna, construído pelo imperador Akbar em 1565 AD. Hospedagem em Agra.

      6° Dia – 20/set – Quarta-feira - Agra / Delhi
      Ao amanhecer, saída para visitar Taj Mahal (fechado às sextas-feiras), monumento fascinante e bela da Índia. O Taj Mahal foi concluído em 1653 dC pelo imperador Mughal Shah Jahan em memória de sua rainha favorita, Mumtaz Mahal. Perfeitamente simétrico levou 22 anos de trabalho duro e 20.000 trabalhadores, pedreiros e joalheiros para construir. Retorno para o hotel para café da manhã. Mais tarde, saída com destino a Delhi, a aproximadamente 04h00 de viagem. Chegada e traslado ao hotel (perto do aeroporto). Hospedagem em Delhi.

      7° Dia – 21/set – Quinta-feira – Delhi / Katmandu
      Café da manhã no hotel. Em horário marcado, traslado para o aeroporto para embarque com destino a Katmandu no Nepal. Chegada e traslado para o hotel. Katmandu é a capital do Nepal, é uma das cidades mais antigas do mundo. Na parte antiga da cidade, encontramos ruas estreitas e e medievais e charmosos e pequenos templos no Praça Durbar, onde é possível encontrar também padocas, esculturas de pedras, monumentos históricos e antigos monastérios. As três cidades Katmandu, Patán e Bhaktapur são de grande importância histórica e possuem monumentos de grande valor artístico e cultural. Pela tarde, saída para visitarmos a Praça Durbar, o Templo Swayambhunath e a cidade. A Praça Durbar foi a principal praça da antiga Katmandu com o Palácio Hanuman Dhoka, construído por Pratp Malla, um dos grandes amantes da arte que governaram Katmandu. Enquanto o recinto do palácio real cobre uma grande área, numerosos templos de vários deuses hindus e deusas cercam o palácio e são preservados como foram construídos há centenas de anos. Passaremos o Street "Geek", onde hippies relaxam. Seguimos para visitar a Casa do Templo Kumari, a deusa-girl, uma deusa viva. Cerca de 2000 anos Swayambhunath em cima de uma colina na borda do sudoeste de Katmandu. O Templo é uma cúpula 20 metros de diâmetro e 32 metros de altura, e é feito de tijolo e terra por uma agulha cônica montada na parte superior por um ápice de cobre dourada. Hospedagem em Katmandu.

      8° Dia – 22/set –Sexta-feira – Katmandu
      Café da manhã no hotel. Pela manhã visita a Patan, localizada na margem sul do rio Bagmati e é uma das três maiores cidades do Vale do Kathmandu. Patan é famosa por sua impressionante coleção de templos fantasticamente esculpidos, pátios do palácio, fontes, banhos públicos e casas com madeira igualmente elaboradas, pedra e escultura de metal sob os patrocínios dos reis de Kirat, Lichivi e Malla. Aproveite e visite o Boudhanath Stupa. Com uma base de 82 metros de diâmetro, é o maior Templo Budista Boudhanath no mundo. Continuação por estrada para Bhaktapur, uma cidade medieval onde os Newars, os principais habitantes ainda seguem as tradições e costumes. Este abriga alguns dos melhores exemplos de artesanato Nepal em madeira e pedra, como o palácio de 55 janelas construído em 1697, o Templo Nyatapola de cinco andares, o Templo Kashi Biswanath, o Templo Dattatreya entre muitos outros. Considerado um museu vivo, pode-se testemunhar as antigas tradições como na rua Potters, onde ceramistas locais usam técnicas tradicionais para a produção de cerâmica. Retorno e hospedagem em Katmandu.

      9° Dia – 23/set –Sábado – Katmandu / Paro
      Café da manhã no hotel. Pela manhã, traslado para o aeroporto para embarque com destino a Paro no Butão. Chegada e assistência para o traslado para o hotel. Almoço (incluído). Após o almoço, visita a Paro Dzong e Ta Dzong, ao Museu Nacional mostrando o rico patrimônio cultural do Butão. Conheceremos também o Museu Cilíndrico que foi construído em 1648 em uma torre de vigilância e abriga uma bela coleção de arte e artefatos do Butão. Jantar (incluído). Hospedagem em Paro.

      10° Dia – 24/set –Domingo – Paro
      Café da manhã no hotel. Pela manhã, saída para visitar o Monastério Taktsang, desde onde iremos subir até o ponto mais alto do monastério sagrado Taktsang, com aproximadamente 610 metros acima do Vale Paro. Este é um lugar sagrado para todos os butaneses, e que dever ser visitado pelo menos uma vez na vida. Existem duas escolhas para visitar o monastério, sendo a pé ou um passeio de pônei. Parada para almoço (incluído). Mais tarde, visitaremos as ruínas de Drukyel Dzong, uma fortaleza que remonta ao século XVII. Visitaremos também uma fazenda no Butão, podendo conhecer seus moradores locais. Jantar (incluído). Hospedagem em Paro.

      11° Dia – 25/set – Segunda-feira – Paro / Thimpu
      Café da manhã no hotel. Pela manhã, saída até Thimpu, em uma viagem de aproximadamente 01h00 de viagem a 2400 metros. Almoço (incluído). Pela tarde, visita Ao Memorial Chorten, construído em memória do rei. Continuação com uma visita ao popular Museu do Patrimônio, que celebra a vida rural do país. Mais tarde, passeio a pé pela rua principal de Thimpu. Jantar (incluído). Hospedagem em Thimpu.

      12° Dia – 26/set – Terça-feira – Thimpu
      Café da manhã no hotel. Passar a manhã em Thimpu Dzong desfrutando do festival Thimpu Drubchen, que acontece anualmente. No dia de hoje vivenciaremos um festival com danças realizadas pelos Monges e bailes folclóricos pelos moradores locais. Almoço (incluído). Mais tarde, continuação da viagem até Kuensel Phodrang para ver o maior Buda e uma vista da cidade. Caminharemos pela rua principal, explorando lojas em Thimpu. Jantar (incluído). Hospedagem em Thimpu.

      13° Dia – 27/set – Quarta-feira – Thimpu / Punakha
      Café da manhã no hotel. Pela manhã saída até Punakha, em um trajeto de 03h00 de estrada, através do Paso Dochula a 3050 metros, e oferece vistas impressionantes da Cordilheira do Himalayas. Aui seguiremos a tradição sagrada de levantar as bandeiras de oração em nome da paz e sabedoria. Continuaremos até Punakha, visitando no caminho uma aldeia agrícola de arroz e para tomarmos um chá. Punakha encontra-se no encontro dos rios Madre e Padre em um vale subtropical. Parada para almoço (incluído). Após o almoço, visita Punakha Dzong, casa de inverno da comunidade monástica central e um dos monastérios mais atrativos e histórico do país, situado em uma terra onde os rios se encontram. Jantar (incluído). Hospedagem em Punakha.

      14° Dia – 28/set – Quinta-feira – Punakha / Paro
      Pela manhã saída até Wangdiphodrang, a 40 minutos de viagem terrestre, para presenciar o primeiro dia do festival anual de Wangdi. Passaremos a manhã inteira no festival assistindo a mascarados e danças folclóricas, além da oportunidade de interagir com moradores locais. Almoço (incluído). Após o almoço, saída com destino a Paro, em uma viagem de aproximadamente 04h00. Chegada e traslado para o hotel. Jantar (incluído). Hospedagem em Paro.

      15° Dia – 29/set – Quinta-feira – Paro / Delhi
      Café da manhã no hotel. Em horário marcado traslado para o aeroporto para embarque com destino a Delhi. Fim de nossos serviços.
      * Importante: Dependendo do horário do voo de retorno para o Brasil, será necessária uma noite extra em Delhi.

    • Extras não incluídos
      • Passagem aérea Cidade de Origem / Delhi / Cidade de Origem;
      • Não inclui taxas aeroportuárias, portuárias e taxa de embarque;
      • Refeições não especificadas no roteiro;
      • Bebidas durante as refeições;
      • Passeios informados no roteiro como sugestão;
      • Gastos com vistos e documentação;
      • Despesas de caráter pessoal, sugestão de passeios opcionais e demais itens não incluídos no programa;
      • Os valores não incluem o valor da nova taxa governamental IRRF, em vigor desde 1º de janeiro de 2016. Verifique com um de nossos consultores.
    • Observações
      • Preços sujeitos à alteração sem prévio aviso;
      • Tour opera com mínimo de 02 passageiros;
      • Os preços não são válidos para bloqueios, feriados, congressos e feiras;
      • Preços por pessoa, de acordo com a acomodação escolhida, sujeitos a confirmação e disponibilidade no momento da reserva;
      • Na Índia não é comum à oferta de apartamentos Triplos devido ao tamanho das acomodações e conforto. Os apartamentos Triplos disponíveis estão equipados com uma cama de armar para o terceiro passageiro. Não recomendamos hospedagem triplas por questões de conforto e espaço;
      • O Taj Mahal está fechado para o público às sextas-feiras. Porém, com a restauração do Mehtab Bagh, um jardim Mogol do século XVII, a sua localização através do rio Yamuna oferece uma vista deslumbrante do monumento. É possível sentar-se neste belo cenário para ter uma visão clara do por do sol ou nascer do sol sobre o Mausoléu;
      • O passeio de elefante para visitar o Forte Amber está sujeito à disponibilidade, dado que as autoridades tem restringido o número de passeios e reservas. Os clientes terão de fazer fila e esperar para ver se o passeio de elefante pode ser realizado. Caso contrario, forneceremos um jipe para subir ao Forte Amber;
      • Em caso de flutuações monetárias ou modificações dos impostos governamentais locais, ou aumento do preço dos combustíveis, nos reservamos ao direito de ajustar o preço do tour de acordo.
      • Verifique política e restrições de bagagem com um de nossos Consultores. Caso ocorra excesso de bagagem e/ou mala extra, a mesma deverá ser despachada por uma agência de transporte para o hotel. Todos os gastos são de responsabilidade dos passageiros;
      • Preços não incluem early check-in e late check-out. Verifique custos adicionais com um de nossos consultores;
      • Verifique a necessidade de Vistos e Vacinas para a viagem. Elas são de responsabilidade do passageiro.