• Slideshow Destinos St Barth Island Caribbean sea

St. Barth

Sobre | Pacotes | DestinosSolicite um orçamento


Luxo total! Assim podemos definir a queridinha dos ricos e famosos no Caribe, Saint Barthélemy ou St. Barths, para os mais íntimos. Apesar de pequena, a ilha com 24 km² e suas 14 praias revela belezas que misturam a riqueza norte-americana com o charme e sofisticação europeia, e não podia ser diferente, já que este pequeno paraíso pertence à França.

Para começar a sua viagem tenha em mente uma coisa. Alugue um carro. St. Barths não tem transporte público e andar de táxi não é nada barato, sendo assim, a melhor maneira para desvendar cada maravilha deste oásis é dirigindo.

Assim que chegar a St. Barths com certeza irá perceber a magnitude e a riqueza de seus visitantes, é comum ver suntuosos iates ancorados no porto de Gustavia, a capital da ilha e a única da região.

Apesar de toda sua majestade, a ilha francesa não é reconhecida pelos seus enormes hotéis e resorts, pelo contrário, no local há pouco mais de 20 e cerca de 400 acomodações, o que enfatiza a singularidade de St. Barths. Mas opções de hospedagem não faltam, é comum as centenas de mansões da ilha serem alugadas para os que realmente não abrem mão da privacidade e também não estão preocupados com o valor a ser pago, mas não é pra menos, uma estadia em St. Barths vale cada centavo investido. Além disso, se você realmente não quer ser incomodado ainda é possível alugar um iate e passar as noites em alto mar, com certeza uma experiência inesquecível.

Tudo em St. Barths é peculiar, com pouco mais de 10 mil habitantes, a ilha que teve seu primeiro hotel construído na década de 50, o Eden Rock, uma obra de arte construída sobre uma rocha, hoje vive principalmente do turismo de luxo, com restaurantes sofisticados e lojas de grife espalhadas principalmente por Gustavia e St. Jean, já que a ilha é livre de impostos, mas os preços não são tão chamativos quanto parecem. O comércio é tão evidente que a maioria das ruas é indicada não pelo nome, mas pela direção das lojas.

St. Barth - Destinos

  • Praias


Para todos os gostos, calmas e tranquilas, agitadas e badaladas, assim se dividem as 14 praias de St. Barths, todas públicas, que mesmo na alta temporada dificilmente ficam lotadas.

O azul turquesa é predominante em todas elas e é comum ver barcos ancorados pela costa. Não importa qual o seu desejo, seja passar tardes inteiras no puro ócio com toda a família à beira-mar, mergulhar ou ainda praticar outros esportes náuticos mais radicais, como o surf, kitesurfe, windsurf e barco à vela. St. Barths tem quilômetros de orlas límpidas, com brisas suaves, céu azul e muito sol praticamente o ano inteiro.
Entre as praias favoritas para quem quer sossego, destacam-se Marigot e Lorient, apesar de mais afastadas, a beleza impressiona. A praia em frente ao Hotel Isle de France, também é a queridinha dos que não abrem mão da tranquilidade.

Saline, com suas estátuas de sal naturais é excelente para uma caminhada. Praticamente deserta, o acesso é somente a pé e se você for passar horas e horas na beira do mar, lembre-se de levar comes e bebes, pois não há nem um vendedor nesta praia.

Colombier é a que oferece a melhor vista de Saint Barthélemy, mas é preciso um pouco de energia para chegar até ela, afinal seu acesso só é possível de barco ou através de duas trilhas, que duram cerca de 20 minutos entre subidas e descidas, mas a paisagem compensa, já que o caminho é cercado por cavernas e penhascos, uma beleza única da ilha. Além disso, é comum ver pessoas acampando na praia, principalmente durante a Semana Santa.

Dando continuidade ao tour de praias, e se você for adepto aos esportes náuticos, não deixe de conhecer Grand Cul de Sac, na costa lesta da ilha, fantástica para o windsurf e kitesurf, além de ser uma excelente opção para o mergulho, já que é recheada de corais, suas águas têm uma transparência incrível e conta com ótimos hotéis e restaurantes. Em Cul de Sac também é comum a prática de stand up paddel ou supsurf (a pessoa usa uma prancha para se equilibrar e usa um remo para se movimentar).

Se você quer aprender a velejar, a escola fica na orla de Public. Já os surfistas encontram belas ondas em Anse des Cayes, entretanto ondas ainda mais fortes e perfeitas estão em Toiny. E os surfistas mais experientes preferem a Point Milou, no nordeste da ilha.

Para conhecer um pouco mais sobre o estilo de vida local, a Corrosol Beach é o destino ideal, lá há um pequeno porto de pesca, em uma charmosa vila, com artesãos tecendo artefatos em palha.

Agora se você deseja agitação, que tal uma passadinha na queridinha dos jovens, Saint Jean, ao norte da ilha, com opções de restaurantes e hospedagens. A praia está pertinho do aeroporto Gustav III, então não estranhe se você ver aviões aterrissando quase em cima da sua cabeça. A proximidade é tanta que parte da praia é fechada para banhistas, com sinalizações por medida de segurança que impedem a entrada no mar.

Para finalizar não deixe de fazer um passeio de barco pela costa e apreciar St. Barths por outro ângulo, com certeza inesquecível.

Preço por pessoa em apartamento duplo . Os valores serão convertidos no câmbio do dia de pagamento da reserva. Preços sujeitos a alteração sem prévio aviso.
Os valores não incluem o valor da nova taxa governamental IRRF, em vigor desde 1º de janeiro de 2016. Verifique com um de nossos Consultores.