• Slideshow Destinos MontegoBay

Jamaica

Quando alguém lhe disser que a Jamaica é um lugar paradisíaco, com belíssimas opções de praias e passeios inesquecíveis, acredite! Além de ser um país com vasta beleza natural, paisagens exuberantes em fauna e flora, a ilha localizada no mar caribenho tem uma rica história e forte tradição musical, artesanal, nas artes cênicas, e muito mais!

É por isso, também, que tem sido o destino predileto de turistas de todo o mundo, sendo que grande parte deles é formada por brasileiros.

A Jamaica é o lugar ideal para passar as férias ou a lua de mel. Para curtir suas praias com recifes de corais, areia fina dourada e vegetação abundante, ou para se aventurar em passeios nas montanhas (que cobrem 80% do território jamaicano), cachoeiras, grutas ou rios. As paisagens são maravilhosamente indescritíveis, não deixando dúvida quanto ao bem estar que proporcionam.

Localizada na América Central, especificamente a 145 quilômetros ao sul de Cuba, a Jamaica tem 233 quilômetros de largura e 81 de comprimento, perdendo apenas para Porto Rico e para a própria Cuba, no quesito extensão territorial. Faz parte do arquipélago das Grandes Antilhas, nas Caraíbas, e está dividida em 14 paróquias, então agrupadas em três condados. São eles: Cornwall, cuja capital é Montego Bay; Middlesex, sendo Spanish Town a capital; e Condado de Surrey, que tem Kingston como sua capital.
Mas Kingston tem um papel ainda mais importante, pois também é a capital daquele país, então descoberto em 1494, por Cristóvão Colombo. Dos cerca de dois milhões e meio de habitantes de todo o país, mais de um milhão está na capital.
Nas demais áreas do território jamaicano, podemos encontrar pequenas aldeias ou meras comunidades familiares. Vale muito a pena parar para conversar e deixar todas as suas curiosidades virem à tona! Pergunte, interaja com as pessoas daquela ilha e encante-se com a simplicidade, beleza e ensinamentos que têm para oferecer. Certamente será uma combinação inesquecível!

  • Um pouco de história da Jamaica

    Embora a população da Jamaica seja formada predominantemente por negros, foram os espanhóis que começaram a colonização do país. Eles permaneceram dominando a ilha de 1509 a 1655, até a chegada dos navios ingleses, que por muito tempo permaneceram em batalha para tomar o poder da região.

    O domínio britânico, então, foi formalizado em 1670, com o Tratado de Madri. A partir deste período, a Jamaica se transformou no principal exportador de açúcar em nível mundial.

    A herança africana dos jamaicanos advém, portanto, da utilização de mão de obra escrava para todo o processo de plantio, colheita e comercialização do açúcar, situação esta que se tornou insustentável pelos colonizadores britânicos.

    Isso porque no início do século XIX a população negra da Jamaica ultrapassou em 20 vezes a quantidade de brancos e, diante da situação degradante e sub-humana a que eram submetidos, os escravos começaram a se organizar e a realizar diversos levantes exigindo a igualdade de direitos para os negros, o fim da escravidão e do preconceito.
    Foi em 1833 que os jamaicanos conquistaram a abolição da escravatura, mas somente em 1953 foi promulgada uma Constituição que conferiu à ilha da Jamaica um governo independente. Naquele período, o país ainda fazia parte da Federação das Índias Ocidentais. No ano de 1962 a Jamaica se desligou desta Federação e tornou-se um país soberano, inclusive com a instituição da Constituição vigente até os dias de hoje. Ela estabelece o parlamentarismo como sistema de governo, quando o primeiro-ministro é o chefe de governo. Já o chefe de Estado é a Rainha Elizabeth II, representada pelo Governador Geral, Howard Felix Hanlan Cooke, no cargo desde 1991.

  • A cultura jamaicana

    A cultura jamaicana

    Estima-se que 75% dos jamaicanos sejam afro-americanos, 13% eurafricanos e 1% indianos. Esta miscigenação, somada à história vivida por aquele povo, resultou na formação de uma rica e curiosa cultura, cheia de cores, sons e significados.
    Nota-se que a maioria das manifestações artísticas contém forte apelo político e religioso, quase sempre fazendo menção à igualdade de direitos, fim do preconceito e discriminação racial, glorificação a deus, e na maioria das vezes essa forma de fazer arte agrada aos expectadores!

    Assim acontece com a música, por exemplo. O reggae de Bob Marley, Ziggy Marley, Peter Tosh, Burning Spear, Shabba Ranks, entre outros cantores e compositores jamaicanos, alcançou os quatro cantos do mundo com seu balanço e mensagens de amor e paz, e até hoje tem seus admiradores e seguidores.

    E ao som do reggae raiz, rolam as principais manifestações culturais na Jamaica, como alguns festivais de música que acontecem todos os anos. Esse é o caso do SumFest e do Sunsplah, tradicionalmente promovidos no início de agosto, e que duram até uma semana. Se você estiver por lá neste período, não perca essas festas típicas.

    Outra característica marcante do povo jamaicano é a utilização de dreads ou de tranças, tanto para homens como para mulheres. Segundo estudiosos, o Rastafarianismo, que é uma das religiões mais expressivas da Jamaica, adota costumes islâmicos e hindus, e a utilização destes penteados é igual à forma como os saddhus da índia também arrumam seus cabelos. Daí a origem de outros costumes de quem vive na Jamaica.

  • 1

Jamaica - Pacotes

  • Lua de Mel & Romance

  • Lua de Mel: Sandals Royal Caribbean
    Informações adicionais
    • Cidades Montego Bay - Jamaica
    • Detalhes Adicionais

      Sandals Royal Caribbean
      O resort oferece uma mescla de cullturas desde a Grã Bretanha até Bali. Por todo o resort você verá o elegante toque britânico na arquitetura do local, como a Great House, tudo cercado por jardins tropicais.

      Com uma ilha privativa em alto mar, a poucos minutos do resort, a magia do Oriente impera. Neste ambiente natural encontra-se muita diversão durante o dia e elegantes festas e jantares durante a noite.

      Com oito restaurantes irresistíveis oferecendo deliciosas tentações, decidir onde jantar poderá ser a parte mais difícil do seu dia. O impecável atendimento, a culinária internacional divinamente preparada e um ambiente romântico fazem com que cada experiência gastronômica seja absolutamente extraordinária. Nossos chefs são conhecidos por sua dedicação aos detalhes, provendo a você uma experiência culinária esperada dos mais famosos restaurantes. Além disso, junto com os vinhos Mondavi, cada refeição se torna uma celebração de seu amor no Sandals Royal Caribbean.

      O sistema Ultra All Inclusive do hotel, permite uma gama de atividades incluídas na sua estada - até mesmo mergulho autônomo ilimitado nas águas famosas no mundo inteiro por ser uma das mais espetaculares. Descontraia nadando, velejando, mergulhando ou apenas relaxe na beira da piscina.

      Todos os apartamentos são equipados com modernidade e conforto. Mas vale destacar a mais nova categoria do quartos do hotel, as Suítes sobre as águas, mais conhecidas como “Ninho do Amor”.

      Estas acomodações inovadoras estão localizadas junto a um deque flutuando no mar cristalino azul-turquesa. Trazendo muito luxo, dispõem de um piso de vidro transparente, uma banheira Tranquility Soaking Tub™ para dois, redes nas águas para banhos de sol e muito relaxamento, ma piscina privada com borda infinita e hidromassagem. Estas luxuosas suítes oferecem muitas maneiras de aproveitar as águas caribenhas. Ideal para casais apaixonados que procuram um lugar paradisíaco e romântico!

      • Lua de Mel
        A lua de mel tropical do Sandals é o que você sempre sonhou. Apenas o Sandals oferece os melhores destinos e pacotes de resorts all-inclusive para lua de mel.. No Sandals você encontra acomodações luxuosas e o que há de melhor em esportes aquáticos e terrestres - desde golfe até mergulho autônomo - e uma série de excelentes opções de restaurantes gourmet. A melhor parte é que... nossas românticas férias de lua de mel trazem tudo incluído na sua hospedagem sem custo adicional. Por isso, deixe as preocupações e a carteira de lado e aproveite a lua de mel para dedicar-se totalmente ao seu (a) amado (a).

        * Pacote Lua de Mel inclui (cortesia):
      • Inclui uma garrafa gelada de vinho espumante elegantemente disposta no seu quarto para um brinde ao seu futuro;
      • Um serviço especial de turndown (arrumação da cama para noite) inclui pétalas de flores na sua cama na primeira noite de sua lua de mel;
      • Desfrute de um delicioso café da manhã entregue no conforto da sua cama na manhã do dia seguinte ao check in.
        Preço do pacote de Lua de Mel: gratuito
    • Observações
      • A venda dos pacotes de lua de mel deve estar sempre associada à reserva da hospedagem e ou serviços realizadas ambas pela 55destinos;
      • Verifique valores e disponibilidade de pacotes com hospedagem e serviços com um de nossos Consultores;
      • Para a confirmação dos pacotes de lua de mel será necessário o envio de certidão de casamento (podendo ser o convite). A viagem não pode ultrapassar 01 ano da data do casamento. Esse documento deverá ser apresentado também no momento do check in;
      • Preços por pacote sujeitos a confirmação e disponibilidade no momento da reserva;
      • Algumas amenidades oferecidas nos pacotes estão sujeitas a confirmação e deverão ser agendadas e reconfirmadas diretamente no hotel no momento do check in;
      • Verifique as regras e restrições de cada pacote de Lua de Mel com um de nossos Consultores;
      • Informe-se sobre a documentação pessoal exigida para esta viagem. A responsabilidade sobre ela é exclusiva do passageiro;
      • Os pacotes de Lua de Mel possuem valores netos, não comissionados;
      • Os valores não incluem o valor da nova taxa governamental IRRF, em vigor desde 1º de janeiro de 2016. Verifique com um de nossos consultores.

Jamaica - Destinos

  • Kingston
  • Montego Bay
  • Negril
  • Ocho Rios
  • Port Antonio
  • Runaway Bay


Exatamente por ser a capital da Jamaica, Kingston possui o tradicional aspecto de uma metrópole, com seus altos edifícios, centros administrativos e comerciais, sedes de governos, além da grande oferta de bares, restaurantes, casas noturnas e várias opções de lazer cultural.

Contudo, esta grande cidade se diferencia de muitas outras do mundo pelo clima do reggae, que está sempre no ar. Kingston tem esta cultura enraizada, e isso a torna um lugar muito interessante para se conhecer, e voltar para passear e se divertir.

Por onde quer que vá, o turista vai se deparar com homens e mulheres com o tradicional dreadlocks nos cabelos, além de referências ao rastafári, movimento religioso predominante na Jamaica.

Em Kingston, também, fica o Museu do Bob Marley, que foi a casa deste cantor e ídolo do reggae. Por ali estão lindas pinturas e fotografias de Bob Marley, seus amigos e familiares, além da mobília da casa do cantor, com suas roupas, prêmios e outros objetos que fizeram parte da vida de Bob. Vale a pena conhecer o lugar, especialmente para entender um pouco mais da história jamaicana.

Mais especificamente, Kingston está localizada na costa sudeste da Jamaica, onde fica outro tradicional ponto turístico do país: a Blue Mountain. Falamos da montanha mais alta de toda a Jamaica, cujo topo pode ser acessado por meio de caminhadas que esbanjam paisagens exuberantes, repletas de natureza, com diversas e belas espécies de fauna e flora.

Outra boa dica para passar bons momentos ao ar livre é conhecer o Hope Botanical Gardens & Zoo, um belíssimo parque cheio de atrações, como um jardim zoológico, claro; lagos, fontes, praças e outros lindos lugares para fazer piqueniques, ou simplesmente para ler um livro.

Já para conhecer a culinária local, que é bastante apimentada, a recomendação é se dirigir ao Market Place Plaza, onde há uma boa concentração de bares e restaurantes para todos os gostos. Se quiser variar, há opções de restaurantes de comida japonesa, italiana, francesa e por aí vai. Para estes momentos, também fica a dica de provar a Red Stripe Beer, a famosa cerveja jamaicana.

Ainda para curtir a gastronomia e a cultura local, e para levar lembranças para casa, uma boa é visitar a Devon House, uma mansão admirável, que se destaca pela sua arquitetura em estilo neoclássico e, mais ainda, porque concentra comércios como lojas de artesanato, restaurantes, cafés e uma sorveteria. Um passeio bem interessante, assim como vários outros oferecidos pela capital da Jamaica!

Quando estiver em território jamaicano, não deixe de incluir Kingston em seu roteiro de viagem.


Principal portão de entrada da Jamaica, Montego Bay é a segunda maior cidade da ilha. Mais conhecida como MoBay, a região apresenta cenários majestosos e que proporcionam momentos únicos para todos os seus visitantes.

Lá se encontram praias paradisíacas, que mesclam as atrações do mar cristalino e areias finas, próprio para o mergulho e prática de snorkel, com a incrível vegetação característica da região. Prova disso é que quase toda a extensão de Mo Bay faz parte do Parque Marinho Montego Bay, o primeiro criado com o objetivo de preservar a sua vida marinha, com peixes, tartarugas, corais e outros fascinantes seres marinhos, bem como a sua exuberante floresta tropical. São cerca de 15 mil quilômetros quadrados que podem ser visitados, inclusive a bordo de um sub-marino chamado de “Coral See”. Alem disso, no Parque Marinho Montego Bay os turistas podem praticar diversos esportes aquáticos, como a pesca e snorkeling.

A praia de Walter Fletcher também faz parte deste cenário que imaginamos encontrar apenas na ficção. Ideal para levar as crianças, por conta da tranquilidade do mar, a praia tem trampolins aquáticos, jet skis e banana boat, sem contar com o Parque Temático Aquasol, que completa a beleza do local.

Mas uma das maiores praias da ilha da Jamaica é a Doctor’s Cave. Diz a história que suas águas têm fortes poderes curativos, e por este motivo, também, ela é uma das mais procuradas pelos turistas.

Saindo um pouco do roteiro das praias, quem vai à Mo Bay não pode deixar de experimentar a sensação de conhecer o rio Martha Brae em um passeio de jangada feita de canas de bambu. A região faz parte do vilarejo de Falmouth, localizado a menos de 30 minutos de Montego Bay, onde também se encontra a belíssima Laguna Luminosa, denominada desta forma por causa de seus habitantes microscópicos que captam luz durante o dia e as descarregam durante a noite ao ser tocados por qualquer coisa. Eles causam um efeito fascinante, deixando toda a água azul fluorescente!

Seguindo para a cidade, também surge uma opção melhor que a outra para se divertir e conhecer os costumes do povo caribenho. Uma delas é a igreja St James Parish, fundada em 1775, que tem uma elegante construção, além de diversos monumentos erguidos pelos senhores do açúcar. Logo à frente está o restaurante Town House, construído em 1765, e que até hoje preserva a sua belíssima construção de tijolos vermelhos, típica da arquitetura georgiana do século XVIII.

Seguindo para o campo também há algumas fazendas que devem fazer parte do tour por Montego Bay, como a assombrosa Rose Hall Great House. No século XVIII ela era uma das principais fazendas de produção do açúcar, mas, conforme a história, tornou-se assombrada depois da morte de Annie Palmer, chamada "bruxa branca", que matou três maridos e acabou sendo assassinada por um escravo, que era seu amante.

A mansão ficou abandonada durante muito tempo, até ser comprada e restaurada, recuperando, então, sua beleza arquitetônica, ainda com móveis da época. Eis mais um passeio que vale a pena em Montego Bay.

Mas não perca tempo quando estiver na Jamaica. A ilha é realmente um destino fascinante, e você não pode perder tudo o que ela tem para oferecer!

Ainda na costa norte da Jamaica, está Negril, importante centro turístico jamaicano, onde podem ser visitadas praias fascinantes, com águas transparentes e areia dourada. Além disso, Negril oferece diversas opções para hospedagem, como pousadas, hotéis e resorts luxuosos.

Também é nesta região que está a maior parte da badalação da illha. Além dos hotéis e resorts que dão esta característica de agitação para o pedaço, em Negril estão localizados vários pontos de comércio de artesanato, sem contar com os bares que sempre têm shows de reggae.

O West End é um trecho da costa dominado por penhascos, onde há grande concentração de bares e restaurantes. Um dos mais atrativos é o Rick’s Café, onde se ouve o melhor do reggae music ao vivo ou da música caribenha. Um dos destaques desta encosta também são as acrobacias feitas por corajosos que se lançam ao mar, sem contar que ali é um dos pontos estratégicos para se curtir o por do sol.

Dizem que a Jamaica é a ilha caribenha que mais tem praias nudistas, e a maioria delas está localizada em Negril. Ali também está o Black River, maior rio navegável da ilha.

Diversão garantida em Ochos Rios

Uma das cidades mais importantes da Jamaica está localizada em Saint Ann, na costa norte da Jamaica. Trata-se de Ochos Rios, cujo nome é pronunciado “oh-chee”. Suas belíssimas praias de areias brancas e águas cristalinas são apenas um dos atrativos oferecido pelo lugar, que também atrai diversos cruzeiros – outra opção de passeio para quem vai à Jamaica.

Próximo de Ochos Rios também estão as escadas naturais de Dunn's River Falls, uma gigante cascata que se distingue das demais por permitir que as pessoas acompanhem o seu leito do fim para o começo, em uma emocionante escalada. Um passeio fascinante!

Para continuar se divertindo fora das praias, inclua em seu roteiro de viagem para a Jamaica uma visita às cascatas de Summerset. Um agradável passeio de barco o levará a uma pequena gruta. Lá, quase todo mundo se deita nas pedras espalhadas pelo local, e é possível ter a nítida sensação de estar sendo massageado, tamanha intensidade das águas que caem.

E as opções de diversão e lazer em Ochos não terminam por aí. Você também pode nadar com golfinhos, praticar snorkel ou jet ski, e andar a cavalo pelas praias e fazendas coloniais. Dragon Bay é uma das melhores praias para a prática do mergulho nas imediações de Ochos Rios.

A Blue Lagoon, ou Lagoa Azul, é outro local que atrai milhares de turistas, não apenas pela sua beleza natural fascinante, mas porque ali também foram gravadas as cenas do sucesso do cinema, Lagoa Azul.

Já os fãs do reggae music não podem deixar de visitar a Nine Mile, que é o vilarejo onde Bob Marley nasceu, em 6 de fevereiro de 1945, e onde ele foi enterrado, em 11 de maio de 1981. Seu mausoléu é atração turística, inclusive porque ali estão diversas lembranças do rei do reggae, como guitarras, prêmios e fotografias.

Já para os apreciadores do jazz, fica a dica de participar do Ocho Rios Jazz Festival, que acontece todos os anos, no mês de junho.


É praticamente impossível descrever Port Antonio com poucas palavras, mas, se isso fosse necessário, diríamos que Port Antonio é um paraíso à beira mar.

Com beleza natural esplêndida, a região também abriga o terceiro maior porto da Jamaica, porém, diante de um cenário tão maravilhoso e de tantas atrações, a economia local ainda é movida pelo comércio de turismo.

Localizada a apenas três horas do aeroporto internacional de Kingston ou, mais especificamente, a 100 quilômetros da capital jamaicana, Port Antonio é um dos destinos mais procurados por quem vai à Jamaica, especialmente por aqueles que querem fugir da agitação de cidades maiores.

A Blue Lagoon, ou Lagoa Azul, é um dos principais e mais famosos encantos da região, cuja maior referência é o filme Lagoa Azul, então lançado em 1980, mas que até hoje passa na TV. Independente disso, tudo por ali é simplesmente maravilhoso!

A coloração de suas águas é simplesmente incrível, especialmente porque ela varia conforme a posição do sol; e a sua temperatura também é algo à parte, por conta da mistura de correntes de água que vem do mar do Caribe e das lagoas e rios subterrâneos que alimentam a lagoa. Isso tudo sem falar da vegetação exuberante, que abriga uma série de espécies de animais, que completam a beleza do lugar, ideal para passar momentos de lazer inesquecíveis!

Outro destaque do paraíso de Port Antonio é a praia de Frenchman's Cove. Sua beleza natural é de tirar o fôlego, a areia é branquinha e as águas cristalinas, completando o cenário que faz de Frenchman's Cove uma das melhores praias de toda a Jamaica, e até de todo o mundo. Não há como ir a Port Antonio e não visitá-la.

Ainda em ambientes naturais, uma boa recomendação é conhecer um lugar chamado Reach Falls. Falamos de uma cachoeira espetacular, rodeada de natureza intocada, com diversas espécies de fauna e flora, e onde se formam piscinas totalmente propícias para relaxar e renovar as energias. Para este passeio, também recomenda-se usar e abusar do bom e velho protetor solar e, claro, do repelente.

Assim com este, há vários outros lugares maravilhosos e agradáveis para se conhecer em Port Antonio. Em todas as suas belas praias é possível fazer atividades ao ar livre, como mergulho, snorkelling, passeios de barco e até a cavalo.

Quando estiver por lá, também não deixe de fazer um passeio pelo centro histórico da cidade, onde é possível comprar variadas lembranças do lugar, além de provar diferentes pratos típicos da região.

Localizada na costa norte da Jamaica, mais especificamente a 16 quilômetros de Ocho Rios, Runaway Bay é uma belíssima região turística muito procurada por quem vai à Jamaica, por conta de sua beleza natural e excelente infraestrutura para receber visitantes, o que inclui hotéis e resorts com características mais luxuosas até as mais modestas; além de ótimos bares e restaurantes e várias opções de passeio ao ar livre ou não.

Todas as suas praias são lindas, favoráveis para a prática de atividades como caminhadas, mergulho e snorkelling, pesca, passeios a cavalo e golfe, por exemplo.

Mas um dos principais pontos turísticos do lugar é o Green Grotto Caves. Falamos de grutas e cavernas, com impressionantes formações rochosas, com destaque para as estalactites que estão presentes por ali em abundância. Sem dúvida, uma boa dica para fazer parte do roteiro de viagem de quando estiver por Runaway Bay.

Para conhecer mais sobre a história e cultura jamaicana, a recomendação é visitar a exposição da Seville Great House & Heritage Park, onde estão conservados diversos documentos, fotografias e objetos que rementem à formação do lugar, resultante da conjunção das culturas indígena, africana e europeia. Foi nessa região, inclusive, que Cristóvão Colombo desembarcou pela primeira vez, em 1494. Ele foi o primeiro europeu a conhecer a costa norte da Jamaica, e dali em diante iniciou-se o processo de colonização.

Entre todas as vilas que encantam os que passam por ali, uma das mais visitadas chama-se Nine Mile. Foi ali que nasceu o cantor Bob Marley, e onde também está preservado o mausoléu deste ídolo do reggae.

Diante de tanta beleza natural e de oportunidades incríveis de diversão e entretenimento, não resta dúvida de que Runaway Bay é um ótimo destino para curtir as férias com a família ou com os amigos.

Preço por pessoa em apartamento duplo . Os valores serão convertidos no câmbio do dia de pagamento da reserva. Preços sujeitos a alteração sem prévio aviso.
Os valores não incluem o valor da nova taxa governamental IRRF, em vigor desde 1º de janeiro de 2016. Verifique com um de nossos Consultores.